sábado, 13 de outubro de 2012

Passando vontade



Diferente do que eu escreveria antes, não estou com vontade de comer açúcar ou alimentos industrializados. A minha maior vontade é comprar roupas novas!

Sábado é dia de passear com meu love. E normalmente vamos ao cinema, comemos fora e vemos muitas vitrines, ou melhor, eu insisto pra vermos vitrines. Final de semana passado eu entrei em várias lojas e vi vestidinhos maravilhosos de verão. Queria experimentar e comprar todos, entretanto, desde a minha última visita a uma loja, eu fiquei meio “traumatizada”, morrendo de medo de não servir em nada!

Babei nas blusinhas transparentes, jeans, shorts e vestidos. Mas, infelizmente não comprei absolutamente NADA! E o pior, desde o início da dieta eu só consegui ressuscitar duas blusas – que ainda estão marcando as minhas “delícias”.

Fico depressiva quando abro o armário e não encontro nada. E estou desanimando diante da demora em eliminar os quilinhos indesejados. Tenho consciência que passei ANOS e ANOS comendo e engordando, mas não suporto mais ficar presa em minhas banhas! Estou me sentindo SUFOCADA por todos os traumas, medos e desejos distantes. E quase sempre penso que é praticamente impossível alcançar o meu objetivo. E fico me indagando: “será que nasci para ser gorda?”.

7 comentários:

Luciani Sabino disse...

NAO MEU AMOR VC NAO NASCEU PARA SER GORDA, NINGUEM NASCEU, APENAS PRECISA TER CALMA NESSE PROCESSO NAO É FACIL ESSES DIAS TEM SIDO DIFICIL PRA MIM E TENHO COLOCADO PERGUNTAS ASSI, NA MINHA CABEÇA, MAIS DAI COMEÇO LER MATERIAS NA NET E COMEÇO A ME FOCAR NOVAMENTE FAÇA ISSO!
BOM FIM DE SEMANA
BJS
http://emagrecerforcaeatitude.blogspot.com.br/

aninha emagrecendo disse...

Oi amiga... fica assim não!! Persistencia e foco!!!Nada vai acontecer de um minuto para o outro. Ninguem disse que seria facil, mas é possível!!! Vamos viver um dia de cada vez e perder um quilo por vez. estamos juntas!! Força lindona... Bjs, Aninha

Janna disse...

Menina, adorei teu blog! *o*
As pin ups, o jeito de escrever, a urgência em perder os kg... Rsrsrs
Somos bem parecidas em algumas coisas, inclusiva a respeito disso, de não comprar roupas a muito tempo.
Eu tenho até medo de vestir minhas roupas menores, imagine o medo que tenho de um provador? :O

Mas aos poucos os quilos vão indo embora e tudo vai voltando a servir... E logo logo estaremos magrelinhas :D

Foco e força, linda

cheirinho da Janna

Adriana disse...

Linda, nenhum desses pensamentos te fará bem. Mas é completamente normal quando passamos por mudanças. O que acontece comigo é que quando vem uma frustração, um pensamento destes que não vou conseguir, eu o espanto rapidinho lembrando como eu estava há um ou dois meses atrás. Como era diferente, não subia um lance de escada, no início deste ano saí para caminhar e não consegui andar 300m, isso mesmo, 300m por causa da dor.
Então, pense nas suas vitórias, no que era antes e principalmente no que vc quer ser no futuro. Pode ser que não seja rápido, mas que seja duradouro. Sua vitória virá, mas só se vc insistir.
Bjs e excelente domingo para vc.

disse...

Pois é, anjo

Não tem outro jeito a não ser ter paciência e ir perdendo quilo por quilo, semanalmente. O bom é que esse aprendizado, longo e sofrido, vai te ajudar a não engordar mais. Afinal, é pra isso que você e todas nós estamos nos reeducando.

Quando menos você perceber vai ter muitas alegrias pra dividir conosco. E o verão ainda está longe. Aproveite a primavera e o seu amor.

Cheirosss

Denni disse...

calma...tá aí mais um motivo para cair fundo na reeducação alimentar; compra roupas novas!! eu tõ na mesma que você, tenho só 2 trocas de roupa que ficam confortáveis ( o resto aperta que dá vontade de morrer) mas não vou comprar nada não!! quero emagrecer primeiro. beijos

Luana Lima disse...

Temos uma vontade em comum: vontade de comprar roupas!
Meu guarda-roupa está vazio... Tudo está ficando grande em mim...
Sabe aquelas gordurinhas localizadas no quadril? Pois é... Elas que sustentavam meus shorts jeans, agora não sustentam mais e os shorts caem... Continue firme e, quando surgir em sua cabecinha a ideia de que não conseguirá atingir seus objetivos, me chame para comprar roupas!

Beijo!